5 dicas de gestão financeira para franquias

Você optou por abrir uma franquia porque tinha o sonho de empreender e queria investir em um negócio seguro e que contasse com todo o suporte da empresa franqueadora. Franquias são realmente investimentos bastante seguros e que trazem lucro satisfatório aliado a uma boa qualidade de vida. Mas por mais que o setor de franchising seja rentável e que o mercado esteja em crescimento constante, é sempre bom lembrar que sem uma boa gestão financeira não há negócio que resista. É pensando nisso que reunimos aqui algumas dicas de gestão financeira para você que é franqueado e não deseja ter surpresas na hora de gerenciar o seu negócio:

1. Separe sempre o pessoal do profissional:

Muita gente na hora de abrir uma franquia acha que tudo bem misturar o dinheiro pessoal com o dinheiro do negócio. Isso é um grande erro. Não só porque você pode acabar gastando mais do que realmente tem, mas também porque isso pode te trazer problemas com a lei. Essa prática pode ser considerada fraude e você pode ter que pagar multa e até responder processos.

Por isso, por mais que a sua empresa seja um negócio familiar, tenha em mente que é preciso separar o que é o seu dinheiro pessoal do que é o dinheiro da empresa. Seu negócio tem que ter um caixa próprio para evitar problemas e, além disso, é sempre bom lembrar que a sua empresa tem contas e despesas próprias para pagar.

2. Tecnologia: uma aliada:

Outra boa dica é automatizar os processos. Você pode utilizar um software que deixe as contas e o fluxo de caixa da sua empresa mais organizados. Ter tudo informatizado é um ótimo modo de ter mais controle sobre as contas e também de ter tudo registrado para evitar possíveis fraudes. A gestão de processos manual não só é mais complicada, como também facilita desvios e outros problemas.

3. Conte com ajuda especializada:

Não é porque você abriu um negócio que você tem que necessariamente ser um expert em finanças. Se a sua noção de planejamento financeiro não é das melhores, o melhor a se fazer é contar com a ajuda especializada. Contrate alguém que seja especialista em finanças para trabalhar no financeiro da sua empresa, ou opte por uma empresa terceirizada para te ajudar com todo o processo.

4. Planeje-se:

Essa pode parecer uma dica simples, mas também é muito importante. Se você não quer ter problemas financeiros no seu negócio, é muito bom que você se planeje e estabeleça metas. Saiba exatamente o quanto a sua empresa está ganhando, faça um planejamento para saber em quanto tempo você terá o retorno do dinheiro investido, trace uma meta para entender quando a sua empresa começará a ter lucro, etc. Tudo isso irá te ajudar a não gastar mais do que você ganha e evitará problemas futuros.

5. Atente-se ao fluxo de caixa:

Essa é uma dica básica, mas importantíssima: você tem que saber das entradas e saídas da sua empresa. É muito importante manter um registro de quanto a sua empresa gasta e lucra por mês. Gastar muito mais do que você ganha é um problema bastante grande e é essencial que você mantenha o fluxo de caixa sempre organizado para não ter surpresas futuras.

Se você está pensando em investir em franquias, você precisa conhecer a Amiste Café. Somos uma empresa referência em aluguel de máquinas de café temos um modelo de negócio inovador e lucrativo. Visite o nosso site e agende uma conversa conosco! Ficaremos felizes em te atender.